Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \27\UTC 2009

Back do Insubstituível

NINGUÉM É INSUBSTITUÍVEL

Roseli Busmair

Na sala de reunião de uma multinacional o CEO nervoso fala com sua equipe de gestores.
Agita as mãos, mostra gráficos e, olhando nos olhos de cada um ameaça: ‘ninguém é insubstituível.’
A frase parece ecoar nas paredes da sala de reunião em meio ao silêncio.
Os gestores se entreolham, alguns abaixam a cabeça.
Ninguém ousa falar nada.
De repente um braço se levanta e o CEO se prepara para triturar o atrevido:
– Alguma pergunta?
– Tenho sim. E o Beethoven?
– Como? – o CEO encara o gestor confuso.
– O senhor disse que ninguém é insubstituível… E quem substitui o Beethoven?
Silêncio.
Ouvi essa estória esses dias contada por um profissional que conheço e achei muito pertinente falar sobre isso.
Afinal as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo continuam achando que os profissionais são peças dentro da organização e que quando sai um é só encontrar outro para por no lugar.
Quem substitui Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Dorival Caymmi? Garrincha? Michael Phelps? Santos Dumont? Monteiro Lobato? Faria Lima? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso?
Todos esses talentos marcaram a História fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem, ou seja, fizeram seu talento brilhar. E portanto são sim insubstituíveis. Cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para alguma coisa.
Está na hora dos líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe focando no brilho de seus pontos fortes e não utilizando energia em reparar ‘seus gaps’.
Ninguém lembra e nem quer saber se Beethoven era surdo, se Picasso era instável, Caymmi preguiçoso, Kennedy egocêntrico, Elvis paranóico.
O que queremos é sentir o prazer produzido pelas sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos.
Cabe aos líderes de sua organização mudar o olhar sobre a equipe e voltar seus esforços em descobrir os pontos fortes de cada membro. Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu projeto.
Se você ainda está focado em ‘melhorar as fraquezas’ de sua equipe, corre o risco de ser aquele tipo de líder que barraria Garrincha por ter as pernas tortas, Albert Einstein por ter notas baixas na escola, Beethoven por ser surdo e Gisele Bundchen por ter nariz grande.
E na sua gestão o mundo teria perdido todos esses talentos!
Algumas pessoas com seus talentos são indispensáveis!
Excelente artigo para aqueles que pronunciam essa frase indelicada, sem olhar o todo.
Todos nós sabemos que em vários momentos fazemos a diferença através de nossos talentos.
Reconheça-o e deixe que esteja brilhante em você em prol da nossa história e do nosso dia-a-dia.
Se mesmo assim não puder se destacar pelo talento, vença pelo esforço.
Anúncios

Read Full Post »

“a mão que governa o verso balança o mundo”
(líria porto)
lixo atômico 1_back_branco
se a lua cair do céu

além dos cacos quebrados

aonde vamos guardar

olhares enamorados?

e se as estrelas em greve

não quiserem mais piscar

será que vais resistir

voltaremos a brincar?

se o sol apagar o facho

e tornar-se um astro frio

eu vou agüentar viver

como vel(h)a sem pavio?

se a terra onde moramos

depois da judiação

quiser se vingar dos homens

nós mulheres – escapamos?

sei não
*
Quem é Líria Porto:

Professora, mineira de Araguari, vive em Belo Horizonte.

Se diz: “erva daninha: de Araguari transplantei-me para belo horizonte – espalhei raízes”.

(Seu blog está nas minhas leituras sugeridas)

*
Consciência Sócio Ambiental
A produção de resíduos é inerente à condição humana  e inexorável. E continua existindo depois que são jogados nas lixeiras, pois estas não são mágicas que num abrir e fechar de olhos fazem desaparecer o que tem dentro, então o lixo passou a ser um dos maiores problemas ambientais da atualidade, pois os moldes de consumo adotados pela maioria das sociedades modernas provocam o aumento contínuo e exagerado na quantidade de lixo produzido.
Lixo doméstico ——————————————————- restos de alimentos, embalagens plásticas, papéis em geral, plásticos, entre outros.
Lixo comercial —————————————————————- gerado pelo setor terceiro (comércio em geral),especialmente papéis, papelões e plásticos.
Lixo industrial ———————————————————-gerado por atividades do setor secundário (indústrias), pode conter restos de alimentos, madeiras, tecidos, couros, metais, produtos químicos e outros.
Lixo das áreas de saúde ———————————————- também chamado de lixo hospitalar. Proveniente de hospitais, farmácias, postos de saúde e casas veterinárias: são as seringas, vidros de remédios, algodão, gaze, órgãos humanos, etc. Este tipo de lixo é muito perigoso e deve ter um tratamento diferenciado, desde a coleta até a sua deposição final.
Limpeza pública —————————————————— Composto por folhas em geral, galhos de árvores, papéis, plásticos, entulhos de construção, terras, animais mortos, madeiras e móveis danificados
Lixo nuclear ———————————————————— decorrentes de atividades que envolvem produtos radioativos, entre outros.
Não há como não produzir lixo, mas podemos diminuir essa produção.
Como?
Usando a regra dos três “R” :

Reduzindo (não desperdiçar)

Reutilizando (reaproveitar antes de jogar fora)

Reciclando (diminuir a exploração de recursos naturais).

FAÇA A SUA PARTE

lixo_campanha 1
Fontes: pesquisa internet

Read Full Post »

A BELEZA DA ALMA-DE-GATO
Alma-de-gato (Piaya cayana) é uma ave encontrada em matas e cerrados do México à Argentina, bem como no Brasil. Ultimamente essa ave pode ser encontrada nos parques e nos bairros nobres, cujas casas têm grandes jardins, em pleno centro das capitais. Também é conhecida como alma-de-caboclo, alma-perdida, atibaçu, atingaçu, atingaú, , atiuaçu, chincoã, crocoió, maria-caraíba, meia-pataca, oraca, pataca, pato-pataca, piá e picuã.
780px-ALMA-DE-GATO_(Piaya_cayana)
Tem um bico verde-claro e íris vermelha, cauda longa, escura e com as pontas das retrizes claras. Medem cerca de 60 cm (2/3 pertencem à causa). A cor é castanho-parda no dorso e cinza-ardósia na barriga. O pescoço e o peito são vermelho-acinzentados.
piaya_cayana_01 cópia
piaya_cayana_00 cópia
Seu canto se assemelha ao gemido de um gato, por isto é conhecida como alma de gato. Voa rápido e silenciosamente entre os galhos à procura de insetos e é uma ave muito vistosa que pode também lembrar um caxinguelê quando desliza pela ramagem. Gosta muito de planar. Ainda, consegue imitar o canto de outras aves, especialmente o do bem-te-vi, que é de fato parecido com sua própria vocalização e, por isto, é conhecida como ‘gozador’.
Piaya Cayana_imagem menor
Segundo uma lenda amazônica, a alma-de-gato possui um canto fatídico: quando canta à porta da casa de alguém, este está com os dias contados. Claro que isto não passa de lenda. Aliás, essa ave deve ser protegida, pois é muito útil ao agricultor. O exame de 155 estômagos de almas-de-gato evidenciou que estas aves são insetívoras e que 50% do conteúdo era de lagartas que atacam as nossas culturas.
Fontes: Wikipédia/ felipex.com.br/saudeanimal.com.br/WikiAves
2808687978_daefc4f534_b
Nota: esta ave, alma de gato, já foi vista aqui em Belo Horizonte, MG,em vários bairros  por amigas(os), de seus apartamentos, onde árvores altas chegam até suas janela.

Read Full Post »

A Fábula do Porco-Espinho
Gustavo de Amorim*(Adaptado do livro Manual Bem-Humorado dos Privilegiados Auditivos)
2a859e
Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente; mas, os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam maior calor.
Por isso decidiram afastar-se uns dos outros e voltaram a morrer congelados.
Então precisavam fazer uma escolha: ou desapareceriam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros. Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos. Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.E assim sobreviveram!
Moral da História:
O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e consegue admirar suas qualidades.
2a85ae
2a85be
2a85cd
*Gustavo de Amorim é escritor, autor do Manual Bem-Humorado dos Privilegiados Auditivos e colaborador do Em Foco.

No Brasil, ouriço-caixeiro (Coendou prehensilis) é um porco-espinho arborícola, solitário, notívago e frugívoro, encontrado em florestas tropicais do México até na América do Sul. Quando adulto pesa de 6 a 8 quilos, transita no cerradão, mata, mata ciliar, veredas e ambientes alagadiços.

Encontra-se na lista de “ANIMAIS EM EXTINÇÃO DA REGIÃO CENTRO-OESTE – BIOMA CERRADO”

Fonte: vidaemextinção
Preserve a Fauna

Read Full Post »

Post para texto de Franzoni

Sugestão

Reinaldo Franzoni

Faça o seguinte:

assopre o pensamento triste,

deixe escorrer a última lágrima,

conte até vinte.

Abra então a janela,

aquela que dá para o vôo dos pardais,

procure a luz que pisca lá na frente

(evite as sombras que ficaram lá pra trás).

Ao encontrá-la,

coloque-a dentro do peito

de tal jeito, que possa ser notada

do lado de fora;

acrescente agora uma pitada de

poesia,

do tipo que passa por nós todos os dias

e nem sequer consegue ser notada;

aumente o brilho, com toda a intensidade

de que um sorriso é capaz.

A felicidade é o seu limite,

e o paraíso é você mesmo quem faz !!!

Sê alegre

Read Full Post »