Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Agonia da vida-Alberto Sena’ Category

Agonia

Agonia da Vida

Alberto Sena

Trago o recado da terra, deste pó ao qual retornaremos um dia.

Trago o pedido de socorro da vida.

Represento, neste momento, as florestas nativas do sertão que tombam. Viram carvão.

Tenho comigo o canto do passarinho que já nem mais tem onde fazer seu ninho.

Junto ao bulício do que ainda resta de florestas em Minas, o lamento do rio assoreado, quase morto de sede.

Tomo para mim as dores dos que já não suportam mais as cenas horroríficas de milhares de peixes mortos, boiando nas águas podres dos rios.

Sou esta entidade chamada meio ambiente.

De mim depende toda gente.

Embora aparentemente fora desta catedral chamada corpo humano, eu, meio ambiente, sou a sua própria sobrevivência.

Convenhamos: não há mais que ter paciência.

Ou preservamos o que ainda resta ao nosso redor ou vamos todos renunciar à vida.

(do Jornal “Estado de Minas” de 31.08.1988)

E o meio ambiente continua em agonia…

O meio ambiente precisa ser presevado…

Campanha dos bons sentimentos_É preciso agira

Anúncios

Read Full Post »