Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘O porco espinho’ Category

A Fábula do Porco-Espinho
Gustavo de Amorim*(Adaptado do livro Manual Bem-Humorado dos Privilegiados Auditivos)
2a859e
Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente; mas, os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam maior calor.
Por isso decidiram afastar-se uns dos outros e voltaram a morrer congelados.
Então precisavam fazer uma escolha: ou desapareceriam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros. Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos. Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.E assim sobreviveram!
Moral da História:
O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e consegue admirar suas qualidades.
2a85ae
2a85be
2a85cd
*Gustavo de Amorim é escritor, autor do Manual Bem-Humorado dos Privilegiados Auditivos e colaborador do Em Foco.

No Brasil, ouriço-caixeiro (Coendou prehensilis) é um porco-espinho arborícola, solitário, notívago e frugívoro, encontrado em florestas tropicais do México até na América do Sul. Quando adulto pesa de 6 a 8 quilos, transita no cerradão, mata, mata ciliar, veredas e ambientes alagadiços.

Encontra-se na lista de “ANIMAIS EM EXTINÇÃO DA REGIÃO CENTRO-OESTE – BIOMA CERRADO”

Fonte: vidaemextinção
Preserve a Fauna

Read Full Post »