Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Gendün Rinpoche – Livre e Fácil’ Category

Post Livre e fácil

Livre e Fácil

Uma canção-vajra1 espontânea

Gendün Rinpoche2

A felicidade não pode ser encontrada
através do grande esforço e força de vontade,
mas já está presente no relaxamento aberto e no deixar ir.
Não se esforce,
nada há a fazer ou não fazer.
Qualquer coisa que surja momentaneamente no corpo-mente não tem qualquer importância real,
tem pouca realidade.
Por que se identificar e se apegar a isso,
passando um julgamento sobre ela e sobre nós mesmos?
Muito melhor é simplesmente
deixar todo o jogo acontecer por si mesmo,
levantando-se e caindo de volta como ondas —
sem mudar ou manipular qualquer coisa —
e perceber como tudo desaparece e reaparece,
magicamente, de novo e de novo,
num tempo sem fim.
Apenas nossa busca pela felicidade
nos impede de vê-la.
É como um vívido arco-íris que você segue sem nem mesmo pegar,
ou como um cachorro correndo atrás do seu próprio rabo.
Apesar de a paz e a felicidade não existirem
como uma coisa ou lugar reais,
elas estão sempre disponíveis
e o acompanham a cada instante.
Não acredite na realidade
das experiência boas e ruins;
elas são como o tempo efêmero de hoje,
como arco-íris no céu.
Querendo agarrar o inagarrável,
você fica exausto em vão.
Assim que você abrir e relaxar este punho fechado do apego,
o espaço infinito está lá — aberto, convidativo e confortável.
Faça uso desta espaçosidade, desta liberdade e bem-estar natural.
Não procure mais qualquer coisa.
Não vá para a floresta confusa
procurar pelo grande elefante desperto
que já está descansando quietamente em casa,
na frente de sua própria lareira.
Nada a fazer ou não fazer,
nada a forçar,
nada a querer
e nada a perder —
Emaho! Maravilhoso!
Tudo acontece por si mesmo.
(Lama Gendun Rinpoche. Free and Easy: A Spontaneous Vajra Song.
In: Nyoshul Khen Rinpoche.
Natural great perfection: Dzogchen Teachings and Vajra songs. Ithaca: Snow Lion,
1995. Pág. 93-101.)

1Vajra (é uma palavra sânscrita que significa tanto diamante quanto relâmpago. Como diamante, remete à indestrutibilidade da essência espiritual. Enquanto relâmpago, como aquilo que ilumina velozmente.

2Quem foi Gendun Rinpoche? Lama Gendun Rinpoche foi o mestre de meditação e líder espiritual dos quatro Dhagpos3 Ele passou mais de 30 anos de sua vida em retiro solitário no Tibet e na Índia. Gendun Lama Rinpoche foi um dos últimos grandes mestres da velha geração de Lamas tibetanos. Tudo o que ele ensinou havia sido experimentado em primeira mão durante seus retiros nas numerosas cavernas no Himalaia e na Índia. Ele representava a quintessência do iogue4 plenamente realizado e os puros monges perfeitamente.

3Quatro centros que realizam a função de preservar e transmitir o ensinamento do Buda. Eles formam um conjunto em que cada um tem uma atividade complementar para os outros três.

4Um yogi ou yogin é um termo que caracteriza os praticantes de yoga. Esta designação é mais usada para praticantes avançados. A palavra “yoga” em si – oriunda da raiz Sânscrita yuj (“unir”) – é normalmente traduzida como ‘”união” ou “integração” e pode ser entendida como a união com o Divino, ou integração do corpo, mente, e alma.

Lama Gendün Rinpoche
Anúncios

Read Full Post »