Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Roberto Freire’ Category

ouvindo Leo Ferré

(A carta, dirigida à mulher que acabava de abandoná-lo)

Sua sombra está aqui sobre a mesa.

E inexplicavelmente, o sol nascente

vai apagando a minha lâmpada

e não a sua sombra.

Eu sei que você está aqui.

Você nunca me deixou, nunca.

Tenho você dentro de mim,

bem no fundo, no sangue.

Você corre em minhas veias,

você passa por meu coração

e se purifica em meus pulmões.

Eu te amo, eu te sinto, eu te vivo.”

lembrando um canção de Dano Caymi e Ana Terra


“Se um dia você for embora

não pense em mim

que eu não te quero meu

eu te quero seu.

Se um dia você for embora

vá lentamente como a noite

que amanhece sem que a gente saiba

exatamente

como aconteceu.”

ganhando de presente um poema da cliente Margarida


“ Só conheço dois caminhos,

os mesmos que aprendi quando menina.

Num, o coração se abre verdadeiro

desmanchado em mágoas,

lágrimas e tristezas de amor.

Noutro, sobreviver é imperativo

e a raiva alimenta a vida.

A primeira alternativa me descobre vulnerável e nua,

me mata.

A segunda me consome

a doçura e o prazer,

morro.

E como, até hoje, me deparo

na mesma encruzilhada,

escolho a vida.”

Anúncios

Read Full Post »