Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Atitude do Poeta Alceu Sebastião Costa’ Category

Back_Alceu S_Costa5

Atitude

tag_pra_assinatura_lilás

Quando eu era ainda pequeno,

Não há engano, bem me lembro,

Meus pais me ensinaram a rezar,

Agradecer por nascer num bom lar,

Ter o pão para dividir com os irmãos,

Primeiras lições dos princípios cristãos.

Hoje, fazendo parte da ala dos veteranos,

Pode ser que até cometa muitos enganos,

Mas acho que, no mundo atual, competitivo,

Fazem falta pais como os meus, assim o digo,

Cujos valores sagrados derivavam do respeito,

Diferente do agora, que toma o avesso pelo direito,

Desvairado, rédeas soltas, a galope, cabelos ao vento,

Trancafia Deus no céu e não vê este Planeta morrendo.

Alceu Sebastião Costa

tag_pra_assinatura_lilás(1)
NOTA: esta publicação tem uma história: o poeta distribuiu o desenho de um arame farpado com a frase: “Por que algumas pessoas insistem em transformar pássaros em arame farpado?”, com a intenção de que pudesse ser aproveitado em alguma ocasião, fosse ela qual fosse.  Comentou à época o sentido grande e valioso da imagem. Então aproveitei o arame farpado à minha maneira, incluindo-o numa formatação imaginativa e devolvi ao poeta  para que colocasse  palavras dele quais  quisesse. Retribuiu com este belo poema, muito atual às necessidades do mundo atual que incluo junto aos trabalhos de  ECOLOGIA – PLANETA TERRA do Bouquet de Cravos & Conchavos. Posteriormente será atualizada na página de Poesias em Textos.
Poeta Alceu, com gratidão,  agradeço a sua bondade.  Michèle
Anúncios

Read Full Post »