Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Maria Alice Estrella – Estranha Magia’ Category

Dia inter_ da mulher_8_março_2011

ESTRANHA MAGIA

8 de Março – Dia Internacional da Mulher

No silêncio que ora me rodeia, nesse instante em que reflito sobre o significado mágico da palavra mulher, uma onda de impressões se alvoroça e se ergue no mar dos meus pensamentos.
Afora a qualificação gramatical: substantivo singular feminino, uma enormidade de adjetivos começa a surgir e muitos se acotovelam para juntarem-se ao nome.

Singular, sublime, especial, valente, frágil, contestadora, apaziguadora, transparente, versátil, acomodada, compreensiva, prática, sensível, misteriosa e por aí se estende um sem número de qualidades e defeitos.

Pois apesar de ser a obra mestra da Criação (que me perdoem a presunção), a mulher tem lá seus pormenores dentre os seus méritos.
Mas pensar sobre a figura feminina em sua essência é fazer uma viagem de aventura por terras desconhecidas e pitorescas. Tudo é possível de acontecer nessa travessia fascinante.

A mulher singular, porque se distingue em meio à raça humana como única e inconfundível.
A mulher sublime, que supera a limitação da própria humanidade e transcende ao comum.
A mulher especial, que cada uma consegue ser a sua maneira e circunstâncias.
A mulher valente, que encara a vida no cotidiano como se fosse o recomeço constante do exercício de ser feliz sem medo de enfrentar o reverso da moeda.
A mulher frágil, que assume as contingências naturais que lhe acompanham e treme de medo de ser rejeitada.
A mulher contestadora, que indaga, interroga, perscruta, e não se conforma com respostas curtas e tolas.
A mulher apaziguadora, que transborda mel por entre os dedos, entre as palavras, entre os gestos e neutraliza as guerras, as contendas, as discussões.
A mulher transparente, que transpira, inspira e respira sentimentos sem mascarar o olhar.
A mulher versátil, capaz de ser muitas e tantas numa só imagem, num só momento.
A mulher acomodada, que depõe as armas e se instala num pacifico repouso até a próxima batalha.
A mulher compreensiva, que entende os silêncios e lê nas entrelinhas.
A mulher prática, que separa o joio do trigo e é capaz de organizar o caos.
A mulher sensível, com todos os sentidos em alerta e mais alguns: sexto, sétimo e o que for surgindo, dependendo da necessidade da situação.
A mulher misteriosa, essência das essências extraordinárias da natureza. Essa translúcida presença, cuja estranha magia envolve, fascina e encanta aos homens, completa um círculo invisível e ata todos os laços, desfazendo os nós.

Cada mulher traz em si o incógnito, o secreto segredo, a fórmula de alquimia(¹) que cria a possibilidade de realizar desejos, de concretizar vontades, de vivenciar sonhos. Bem-aventurados são os homens, seus parceiros.

(¹)Alquimia é uma tradição antiga que combina elementos de química, física, astrologia, arte, metalurgia, medicina, misticismo, e religião.
® Maria Alice Estrella*
*Maria Alice de Carvalho Estrella, é bacharel diplomada pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pelotas, poeta, escritora, correspondente de jornais culturais, cronista colaboradora do Diário Popular (Pelotas/RS)

Mulhar_SimonedeBouvoir

Anúncios

Read Full Post »